Nutricionista e Fisiologista do Esporte

Minha foto
Palestrante, Nutricionista Clinico Esportivo, Mestre em Ciência da Motricidade Humana,Graduado em Educação Física; ; Atualmente:Treinador de Atividades de Ultra-Endurance; Professor Conferencista - Experiência na Área de Fisiologia do Exercício e Nutrição Esportiva; com ênfase no Treinamento de Alto Rendimento, Treinamento personalizado e Emagrecimento. CBF

sexta-feira, 9 de março de 2018

COMO DOMAR A VONTADE PELO CHOCOLATE




Como dominar a vontade de devorar uma barra de chocolate? Esta pergunta e a que mais escuto em meu consultório.


 As boas notícias O chocolate é feito de cacau, uma planta. É uma rica fonte de nutrientes fitoterápicos, como você obtém de frutas, vegetais e grãos integrais. Duas colheres de sopa de cacau (usado na culinária) oferece o mesmo potencial antioxidante que 3/4 xícara de mirtilos ou 1,5 xícara de vinho tinto. 


 De todos os tipos de chocolate, o chocolate escuro é a fonte mais rica de fitonutrientes. Infelizmente, o chocolate escuro tem um sabor ligeiramente amargo e a maioria dos atletas prefere o chocolate com leite mais doce (com mais açúcar e gordura saturada). Um fitonutriente do cacau é nitrato. O nitrato é convertido em óxido nítrico, um composto conhecido por aumentar o fluxo sanguíneo e, em altas doses, melhorar o desempenho atlético. 

 Outros tipos de fitonutrientes no cacau são flavonóides (também encontrados no chá, maçãs e cebolas). Pesquisas epidemiológicas sugerem que esses favonoids reduzem o risco de doença cardíaca em pessoas que consomem regularmente chocolate. 

 Notícias ruins: Os atletas, como a maioria das pessoas, costumam comer chocolate em grande quantidade de forma rápida - muito em um dia, como uma recompensa em uma tarde de sexta-feira, ou a períodos de festividades.

 Privar-se de chocolate diário facilmente cria impulsos para comer compulsivamente quando é dada a chance. Você conhece o cenário: "final de semana e meu dia do Lixo' - " 

Surge a questão: Gostaria de degustar pequenas porções de chocolate, reduzindo o desejo de devorar toda a barra de uma só vez? 


 Combatendo Poder do Chocolate. 

 Se você gosta de chocolate demais - na medida em que você tenha problemas para parar de comer uma vez que você começa, uma maneira fácil de tirar o poder do chocolate (e outros doces) é comê-lo com mais freqüência em porções apropriadas . Tentando ficar longe disso, será contraproducente. Pense nisso desta maneira: as maçãs têm poder sobre você? Não. Você se dá permissão para comer uma maçã sempre que quiser. Então, por que o chocolate tem poder sobre você? Porque você tenta não comer. 


 Para tirar o poder do chocolate, desfrute de pequenas porções todos os dias, como por sobremesa após o almoço ou planejado para um lanche da tarde. Comendo regularmente chocolate, ele se tornará um alimento comum, como ovos, maçãs ou cenoura.        

          Viver sem ânsias de chocolate.  Alguns atletas acreditam que eles nascem gulosos. Não é o caso. Quando o corpo está com fome (os corpos dos atletas podem ficar com muita fome), anseia energia rápida, açúcar. A solução para ingetão de açúcar é prevenir a fome comendo calorias de qualidade suficientes no início do dia.

 Infelizmente, escuto relatos de muitos atletas que acreditam que o alimento está engordando ou não tem tempo para comer. Eles vivem com uma fome, o que pode facilmente explodir em uma compulsão de chocolate. Não são chocólatras; Eles são apenas atletas que ficaram com muita fome. Felizmente, existem maneiras de gerenciar a compulsividade de açúcar. 

 1) Evite a fome comendo mais café da manhã e almoço. 

 2) Planeje doces em seu plano de alimentação diário saudável. 


 De modo algum, o chocolate é a chave para uma dieta esportiva saudável, nem comer muito chocolate escuro é melhor que alimentos com alto perfil nutritivo, Mas certamente podemos desfrutar de chocolate como uma pequena parte de uma dieta desportiva bem equilibrada. Certifique-se de que não usará outros alimentos com alta densidade energética como Doces e etc.

 Como sempre, a moderação é a chave. 





 1. Buijsse B , Feskens EJ , Kok FJ , Kromhout D. Ingesta de cacau, pressão arterial e mortalidade cardiovascular: o estudo de idosos de Zutphen. Arch Intern Med. 27; 166 (4): 411-7, 2006.

 Jakubowicz D, O Froy, J Wainstein, M Boaz. O tempo ea composição da refeição influenciam os níveis de ghrelina, os índices de apetite e a manutenção da perda de peso em adultos com sobrepeso e obesos. Esteróides 77 (4): 323-331, 2012.