Nutricionista e Fisiologista do Esporte

Minha foto
Palestrante, Nutricionista Clinico Esportivo, Mestre em Ciência da Motricidade Humana,Graduado em Educação Física; ; Atualmente:Treinador de Atividades de Ultra-Endurance; Professor Conferencista - Experiência na Área de Fisiologia do Exercício e Nutrição Esportiva; com ênfase no Treinamento de Alto Rendimento, Treinamento personalizado e Emagrecimento. CBF

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Que efeito alta ingestão de álcool após o exercício tem na recuperação muscular?

                 Observa-se um desgaste metabólico muito grande durante a prática de atividades físicas. porém respostas adaptativas positivas são geradas durante o período de restauração (regenerativo) quando os atletas se reidratam e consomem fontes proteicas.

 A adição de álcool à dieta (período regenerativo) atrasa a reparação muscular, a síntese de proteínas e os processos de adaptação. 

A ingestão pesada de álcool não contempla pressupostos das melhores práticas de recuperação que os atletas devem seguir! No entanto um copo ou dois de vinho pode ser bem vindo. Moderação é a palavra chave. 


              O que o álcool em grande quantidade, após o exercício faz com os objetivos de peso e gordura corporal? 

              A maioria dos atletas, o álcool é uma fonte de calorias indesejadas. Por exemplo, apenas cinco Heineken Beer adicionam 500 calorias - e isso sem contar a pizza de pepperoni que você pode facilmente comer demais quando o álcool diminui seu "Foco "